09 outubro, 2010

Escolha do médico faz parte do planejamento da cirurgia plástica!


No Brasil, a cada ano mais e mais pessoas estão recorrendo às clínicas de cirurgia plástica para corrigir algum defeito ou melhorar uma determinada área corporal para dar aquele realce na estética. E as cirurgias plásticas estão longe de ser uma vaidade feminina. Homens também procuram esta especialidade em busca de cirurgias cada vez menos invasivas e com menores cicatrizes.

Na entrevista abaixo, o especialista dá mais detalhes do que uma pessoa de avaliar para escolher um cirurgião plástico, a fim de evitar problemas e frustrações futuras. Acompanhe.


1-Que formação o cirurgião deve ter?

Primeiramente, ele deve ter o diploma de médico (6 anos), depois cursar residência médica em cirurgia geral (2 anos) e, finalmente, realizar a residência em cirurgia plástica (3 anos).


2-Quanto tempo ele precisa para ser um especialista?

Após a conclusão do curso de medicina, são mais 5 anos para um profissional se tornar especialista.


3-Como ele é avaliado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)?

Através de prova oral e escrita composta de 2 fases. A primeira por meio de testes de múltipla escolha e perguntas discursivas. Na segunda etapa ele terá que responder perguntas de ordem prática onde são colocadas situações através de imagens e história de paciente. Nelas ele terá que relatar a respeito das condutas a se tomar e sustentação teórica para tal. São perguntas elaboradas por uma banca de avaliação com respostas orais.


4-Durante a consulta, o que a paciente pode ou deve perguntar para saber se o médico é realmente especialista em cirurgia plástica?

O melhor é consultar o site da SBCP - www.cirurgiaplastica.org.br . No momento da consulta, as perguntas devem ser diretas, como ‘ Você tem título de especialista? É membro da SBCP?’, entre outras dúvidas que ela queira questionar.


Neste momento de escolha, outra dica muito útil é a de conversar com pessoas conhecidas, que já se submeteram à cirurgia plástica com o médico escolhido, porque elas poderão dar referências concretas sobre o especialista, relatar como foi o atendimento no pré e pós-operatório e alcance das expectativas.


5-Quais as características que indicam que ele é um profissional qualificado em cirurgia plástica?

A presença do mome dele no site www.cirurgiaplastica.org.br , na sessão "Buscar". Alguns médicos também expõe o certificado da SBCP na parede.

6-Compor o corpo clínico de grandes hospitais é um detalhe que pode fazer a diferença na hora da escolha do CP?

Não necessariamente, mas é um indicativo da qualidade do trabalho deste médico porque reflete que ele foi avaliado pela diretoria do hospital para fazer parte do corpo clínico daquela instituição.

7-O preço da cirurgia pode ser um fator determinando na escolha?

A pessoa deve ponderar o valor que dá a si mesma e à cirurgia. Afinal, uma realização pessoal tão importante, não tem preço.


8-Muitos médicos, a fim de baratear o valor final da cirurgia, sugerem que a mesma pode ser feita na clínica. Quando isso acontece, que itens de segurança a paciente deve avaliar?

É muito difícil para um leigo avaliar as questões de segurança para uma cirurgia. Porém, ela pode pedir para conhecer a instalação do centro cirúrgico da clínica, e questionar com o médico se, em caso de algum imprevisto durante o procedimento, como será realizada sua remoção para algum hospital. Isto já dará indícios da estrutura que o local possui.


9-Como cirurgias de grande porte só podem ser realizadas em hospitais, quais procedimentos são realizados na clínica?

Cirurgias de pequeno porte podem ser feitos em uma clínica, como cirurgia de pálpebras. O médico deve decidir por isso, levando em conta o porte da cirurgia e as condições do paciente.


10-Durante a consulta, o que o Cirurgião Plástico deve saber da paciente?

Como em toda a medicina, a primeira coisa é estabelecer o diagnóstico. Para isso, inicia-se pela anamnese (entrevista) e o exame físico. Baseado nos dados colhidos durante esta consulta, solicitam-se os exames laboratoriais necessários. Acredito que o médico tem de saber o máximo possível do paciente, desde hábitos de alimentação, prática de atividades físicas, grau de estresse e ansiedade, expectativa da cirurgia etc. Quanto mais souber, melhor será para alcançar os resultados desejados.

No entanto, para que tudo dê certo e o resultado seja positivo é preciso, em primeiro lugar, escolher um bom cirurgião plástico para fazer o tipo de cirurgia plástica que se deseja, seja ela qual for. “A cirurgia plástica pode ser segura e alcançar ótimos resultados, mas também pode trazer frustração e complicação. Quanto mais bem informada e preparada a pessoa estiver para decidir, maiores são as chances de acertar”, argumenta o cirurgião plástico Dr. Vitório Maddarena Jr. (CRM-SP 64.301), Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Membro Associado da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina, integrante do corpo clínico do Hospital São Luiz e diretor da Clínica Maddarena.


11-A SBCP fornece informações sobre os médicos membros da Sociedade?

Sim. É possível saber se o médico é um especialista, bem como obter dados para contato. Basta acessar o site www.sbcp-sp.org.br ou www.cirurgiaplastica.org.br

Vitório Maddarena Júnior é cirurgião plástico (CRM-SP 64.301) formado pela Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP é Membro da Associação Paulista de Medicina (APM), Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Membro Associado da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina (SBLM) e integrante do corpo clínico do Hospital São Luiz. Atualmente é diretor da Clínica Maddarena Cirurgia Plástica Medicina Estética, em São Paulo. É autor do capítulo “Fístula Umbilical Pós-Abdominoplastia” do livro Atualização em Cirurgia Plástica, editado pela SBCP-SP.

Um comentário:

  1. Nossa, com a moda da lipo em clínicas clandestinas, esse seu post é muito importante!! Lembro quando minha irmã foi fazer cirurgia para retirada de um pouco dos seios (pq eram bem grandes) nós procuramos por vários médicos, até encontrar um excelente aqui em Florianópolis/SC.
    Valeu muito a pena, a busca, a conversa com o médico, a conversa com outros pacientes.
    Em matéria de saúde e corpo não se brinca!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Este blog possui atualmente: Comentários em Artigos! Widget UsuárioCompulsivo

Vídeo não pode ser exibido.