22 novembro, 2010

Acne deve ser tratada com acompanhamento dermatológico‏

A acne é um problema que hoje atinge 18 milhões de jovens brasileiros,na fase de 12 a 20 anos, conforme algumas pesquisas. Em muitos casos,de acordo com os hormônios, mudanças corporais e na pele podem seestender até a fase adulta não só na face como em outras partes docorpo. Por este motivo é importante tratar!





O importante é conhecer os cuidados que se deve ter com a pele e asopções de tratamentos que podem ser encontradas na dermatologia Além de pensar em paliativos, como pomadas e receitas caseiras é muitoimportante visitar um dermatologista que fará uma avaliação na pelepara detectar quais são os fatores a serem levados em conta, bem como,tratamentos e procedimentos viáveis a cada paciente.


Em um dos artigos estudados pela dermatologista Dra. Paula Penna,apontam que “Acne vulgar é uma condição comum da pele que afeta deoito a dez pessoas de um modo geral. Ela varia de leve a severa ediferentes tratamentos têm como alvo aspectos variados da doença.

OPropionibacterium acnes, a bactéria que causa acne, é o principal alvode todos os tratamentos médicos. Estudos conduzidos em anos recentesmostram efeitos favoráveis dentro de um espectro de luz visível para otratamento de acne”. O estudo sobre a acne teve como objetivo avaliar o uso da luz azulintensa que na verdade é a chamada Fototerapia de Luz Azul. Otratamento realizado por alguns especialistas dura em média 14 minutose são indicadas de duas a quatro vezes por semana.

Em alguns consultórios como o da Dra. Paula, o tipo de acne foimostrado antes do início do tratamento e em sua finalização. Alémdisso, o paciente observa uma grande melhoria da pele e as quantidadesde lesões inflamatórias e não-inflamatórias também melhoraramsignificativamente com tal procedimento..

As conclusões de especialistas é que a luz azul pode funcionar paraalguns seletos pacientes com acne leve a moderada. Para Dra. Paula Penna “este método é mais uma opção no tratamento daacne, pois temos também tratamentos clínicos com medicamento via oralou tópico e a técnica do peeling, o que se obtêm muitos resultados”,afirma.


Site: http://www.tudosobrepele.com.br/

blog: paulapenna.com.br

2 comentários:

  1. nossa, ri com o chokito, kkk
    espinhas não são mais problemas para mim, mas quando eu tinha 13 anos... xii

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget
Este blog possui atualmente: Comentários em Artigos! Widget UsuárioCompulsivo

Vídeo não pode ser exibido.